sexta-feira, janeiro 20, 2006

Transparente


(Foz do Tejo, Caxias)

As pessoas podem ver através de mim sem me ver.

Já não estou embaciado, estou de novo transparente como um vidro.
É costume já estou habituado, mas às vezes fico turvo e então, dou nas vistas - aparece um Eu. Um dos que Eu sou, porque não sou só um Eu, não sei quantos Eu sou.
Amanhã, talvez eu explique melhor, se me lembrar de voltar ao assunto.
Por agora vou dormir, preciso descansar, de 4 horas e 30 kms de deambulação fotociclista pela foz do Tejo, de Algés até Carcavelos e volta - muito bom, belo dia de sol, de rio-mar-céu azul.
Só agora me lembro que NÃO PENSEI, nada mesmo nada, durante toda a tarde, desliguei o tudo por dentro e fiquei só com os sentidos de fora.

9 comentários:

Anónimo disse...

Estou muito feliz por estares de novo no caminho certo,acho que valeu a pena sentires que alguém fica preocupada com as ideias malucas que por vezes te atacam,como vez desligar é a melhor maneira de saír do túnel,o regresso à vida é uma maravilha,isto aprendi numa frase que o Quim me disse um dia como o teu,para eu ir para a festa da vida,acho que ele é mais competente para te ajudar nestas crises,tem muita sensibilidade e é o único do grupo que te conhece de hoje e de ontem a 100%,e também é mais forte do que eu porque é muito positivo,tens sorte de teres um amigo assim.O lixado do magnetismo entre as pessoas existe,tristes dos que não acreditam que isto é a verdade das verdades.Agora só fico à espera que quando me der na mona entrar na fossa me ajudes também.Chau M.J.

Anónimo disse...

É verdade fui eu que encomendei este dia para ti

Anónimo disse...

Maria, acho que devias ter um Blog para escrever (prosa e poesia) e colocar as fotografias dos teus quadros.
Muito bem desenvolvido, este texto e os outros anteriores sobre o mesmo tema e problema, as relações psico-sociais.
Se eu estivesse mais perto de ti, ensinava-te a publicar imagens e texto num Blog que eu posso criar para ti, quando quiseres.
Vai pensando no Título e na frase resumo.

Anónimo disse...

Obrigada por teres dito qualquer coisa, o silêncio é algo de que não gosto.Sou frontal, vou directa ao assunto.Eu gostava de ter um blog,mas tenho graves problemas na escrita,ando sempre a procurar termos para dar o minimo de erros eu sei que existe um dicionário que vai emendando os erros,mas, isso é muita areia para a minha camioneta que está com a carga no máximo,além disso como podes verificar por este blog quase ninguém o visita,é só para malucos sensiveis como nós e os que existem têm vergonha de se idenficarem.Agora vou só escrever aqui neste blog e vou arranjar mais pessoal como nós. aPorcalhota
fica só para vocês acho que não devo meter o bedelho escrito ,ali.O Quim tem pena,mas ele pode sempre vir aqui falar comigo.Vem até cá e almoças connosco.O que achas de fazermos uma cultura de alcachofras no teu terreno, vi na net que é bom para tudo e hoje vou comprar para provar.Que tal a noite sexual? o colinho! foi bom?Beijinhos.É verdade acho que maioria das pessoas não sabe nada sobre alimentação saudavel que tal um ministro da alimentação saudavel com blog e tudo.Tinhas que ajudar tinha que ser uma bomba para arrebentar a escala Tenho muito que fazer para o meu bébé a mãe vai para o desemprego a fábrica deve fechar.

Anónimo disse...

Ora aí está uma atitude muito positiva.
A Maria está mesmo a precisar de ter um blog onde possa desabafar com ela mesmo. É que às vezes, desabafar com outros, pode atrapalhar. Não se pode desabafar só com pessoas que também estão na "fossa", porque o desespero é contagiante.
Vai em frente com o blog, sem qualquer tipo de responsabilidade e escreve, só quando te apetecer.
Desabafar no vazio é como chorar sem lágrimas.
Avé, Maria!
Quim

O Bicho disse...

Maria, podes mandar-me os textos para eu rever antes de publicares - português é comigo!

Anónimo disse...

Quim não me digas que já deixaste de ser pagão,essa da Avé Maria gostei, mas olha que eu não sou nenhuma santa Maria J. por vezes sou um autentico diabinho,como o amigo GIGI,mas, já fui pior com o tempo os bichos ficam calmos e lentos.Beijinhos e bom fim de semana e fica a saber que não estou na fossa nem aborrecida, acho que aquela guerra deu muita adrenalina ao pessoal,foi engraçado.

Anónimo disse...

Maria, escreve, com erros ou sem eles. Isso não interessa. É só para ti e para os teus próximos, logo, o que conta é desabafar.
OK? Em frente e bom fim de semana.
Quim

Anónimo disse...

Bejinhos par os dois, toma conta dele.Amanhã se a minha cara metade me levar gostava de ir até praia das Maçãs,já não vou para esses lados hà muito tempo,era engraçado,vamos lá ver se ele me faz a vontade,mas, não acredito isso ainda fica longe.Chau.

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...