quinta-feira, janeiro 19, 2006

Alpendre



Depois duma merda duma noite,
só me resta embrulhar no sofá
junto à lareira e esperar
a trampa que com o novo dia virá.

(nem sequer rima, porque o autor se está cagando, Bicho Solitário)

1 comentário:

Anónimo disse...

Mas, onde é que tu estás!e como estás!Quem é te fez ficar assim!ou é a merda da tua tola que só pensa negativo?

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...