sábado, janeiro 19, 2019

Amanhecer DCXXXV


Auschwitz, Polónia
Preferia não conhecer, nunca ter visitado os dois lugares (Auschwitz e Birkenau) onde estive por algumas horas, num dia chuvoso e muito frio, o tempo ideal para imaginar com mais sensibilidade e horror todas as barbaridades que ocorreram nestes campos de concentração e extermínio de seres humanos, entre 1940 e 1945.



sábado, janeiro 12, 2019

Amanhecer DCXXXIV


Porcalhota, Amadora

Tem lugar hoje mais um encontro/almoço/jantar anual do "Pessoal da Porcalhota" - se não me falha a memória, o 45º consecutivo.
Por motivos que se relacionam essencialmente com a exiguidade do espaço disponível (antiga Tasca do Carvoeiro), o "núcleo duro" (ou os resistentes) do grupo vai reunir com um reduzido número de convivas - seguramente menos de metade dos que se podem ver nesta fotografia.


sábado, janeiro 05, 2019

Amanhecer DCXXXIII



Parque Eduardo VII, Lisboa

E aqui vamos nós,
todos juntos, em mais uma corrida, mais uma viagem de 52 semanas, para a frente (ou para trás, vá-se lá saber..?) no tempo.
Será um passeio de 940.000.000 kms (mais coisa menos coisa, segundo os meus cálculos astronómicos) através do espaço sideral, onde nos cruzamos com poeiras e gases, resquícios de estrelas e planetas há muito desaparecidos, resíduos de vida passada e prováveis formações de vida futura.
Neste intervalo de tempo no espaço, alguns milhões de sóis arrefeceram, congelando tudo o que se alimentava da sua energia, enquanto outros se expandiram, derretendo toda a vida em seu redor.
Entretanto, o nosso pequeno mundo deu muitas voltas. Umas quantas vidas desapareceram, outras tantas renasceram e muitas mais, incontáveis, começaram a ocupar o seu lugar, contribuindo para a transformação de tudo o que existe - a vida, o tempo, o espaço - ou talvez não, quem sabe se tudo isto é apenas uma invenção?


quinta-feira, janeiro 03, 2019

Passeio no tempo


Jardim Gulbenkian, Lisboa

Um pequeno passeio na tarde calma, fez-me recuperar memórias dos meus tempos de estudante universitário...

Ia escrever alguma coisa mais, porém a nostalgia transformou-se num obstáculo difícil de ultrapassar, de tal modo que me embotou o raciocínio.
Então, os meus pensamentos parece que ficaram às voltas e reviravoltas num turbilhão, dentro de uma esfera, tal qual as bolas do sorteio dos números da lotaria ou do totoloto.


quarta-feira, janeiro 02, 2019

O Livro da Vida


A minha amiga L.F. publicou no seu mural do FB
 uma daquelas suas frases interessantes:
"Hoje abro a primeira das 365 páginas do livro branco
onde vou escrever a história de mais um ano da minha vida."
E acrescentou:
"E vou fazer os possíveis para que seja uma história bonita!"


terça-feira, janeiro 01, 2019

Fecho do Ano


Fazendo o fecho de contas do ano 2018 (da Era de Cristo).

Pesnsei: não estou satisfeito com o resultado, mas também não me sinto frustrado - acho que o balanço não foi positivo, mas a vida é assim - a partir de certa altura, faz-se o que se pode e não mais.

  • ficaram tantas coisas por completar 
  • e muitas outras que nem sequer comecei
  • coisas que não chegaram a ser projectos
  • e mais umas das quais, simplesmente me esqueci
  • enfim, tudo normal, tudo como dantes
  • assim fechou e acabou o Bom Ano Velho
  • e venha mais um Bom Ano Novo

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...