sexta-feira, outubro 31, 2008

a Fonte 294


E cá vamos nós, amigos, com todo o prazer, deambulando pelas paisagens alentejanas.
Ao passar no Alandroal (terra de muitos "alandros", seja lá o que isso for) encontramos Luís de Camões:

Na mesma guerra vê, que presas ganha
Est´outro capitão de pouca gente;
Comendadores vence e o gado apanha.
Que levam roubado ousadamente
Outra vez vê que a lança em sangue banha
Deste só por livrar c´o amor ardente
O preso amigo, preso por leal
Pêro Rodrigues é do Landroal!!!

(Canto Oitavo de "Os Lusíadas")

1 comentário:

Cristina disse...

Bom fim de semana, com muito sol!
Beijinhos para toda a familia!

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...