terça-feira, maio 15, 2007

Vida de nada



Pois, para mim, isso é uma verdade!
Mas para aqueles que me rodeiam,
Aqueles a quem eu quero bastante,
Que são o objectivo da minha vida,
Para eles, isso não serve, não chega:
"Vida de pequenos nadas, não é nada!"

Estou triste, desolado, cada dia mais
Solitário, desinteressado da realidade
Que não se adapta à minha idade (?)
Poderia pensar assim, dessa maneira,
Mas não, não é essa a verdadeira razão
pois, a idade já não me interessa mesmo;
o meu principal problema é esta vida,
que não condiz com a minha mentalidade!

Não me apetece dizer mais nada, nem
fazer mais nada, vou sair, vou-me perder
por aí, por uma estrada qualquer, até...
ao Estoril, para começar, ou acabar..?

E depois... vou voltar! Nada mais.

7 comentários:

Anónimo disse...

o NADA de hoje pode ser o TUDO de amanhã :)
por mt mal q te sintas, olha á tua volta ... há sempre quem esteja mt pior.
agarra os bons momentos!
vai ao MAR... do ESTORIL :)

Anónimo disse...

Tem juízo Gigi.
Olha que eu estou a ver-te.
O negativo não se resolve assim.

Anónimo disse...

Mestre Luís, não se esqueça que o almoço do "outro Pessoal da Porcalhota" - Feios, Porcos e Maus - é já no dia 2 de Julho.

Anónimo disse...

Havia postado um comentario mas não o vejo, devo ter feito algo de errado.
Mas vou tentar repeti-lo

" Isso é depressão braba ou é poesia, ou ainda charminho para ver se es realmente muito querido.

Não o conheço pessoalmente, mas não o vejo depressivo"

era mais ou menos isso

Spuk

Anónimo disse...

Cá estou eu a Maria, fui até Amesterdão e cheguei agora mesmo e vim logo ver as novidades. acho que nada boas o nosso amigão anda outra vez de pernas para o ar. Tens que ir até aquelas paragens para andares de bicicleta à tua vontade,era melhor que os comprimidos. Gostei muito,pena de não ter dinheiro para comprar coisas lindas que vi,ficam na memória peno menos não se gastam. Um beijinho e não fiques triste.

O Bicho disse...

Maria, conseguiste convencer o Fifi a ir contigo a Amsterdão?
Foste lá apreciar os quadros dos grandes pintores Flamengos, para aprender mais alguma coisa de pintura e desenho para o curso?

Anónimo disse...

Na realidade vi pinturas de Rembrand Van Rijn incriveis para aquela época foi pena o museu estar parcialmente em obras ainda deu para umas 3 horas.Fui também ao Van gogh que apesar de louco na pintura era de ficar a admirar cada traço,principalmente quando começou a pintar temas japoneses.um beijinho da Maria

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...