terça-feira, maio 29, 2007

Flor esta



Da rosa pode ter a cor
E mais os seus espinhos
Fortes, afiados e compridos
Quando picam, ui que dor
Toca a chupar o dedinhos
E tomar uns comprimidos.

Como esta do meu quintal
Que sobe por todo o lado

Cresce de qualquer maneira
Não cheira bem nem mal
Nem precisa muito cuidado

A famosa vulgar trepadeira.

O seu nome Buganvília
Que não significa nada
Era o nome de família
de Antoine Bougainville
que a trouxe importada
p´rá Europa, lá do Brasil.


(Bicho Solitário, Maio, 2007)

2 comentários:

Letícia disse...

Que linda poesia.... tão encantadora quanto a árvore.... me tire uma dúvida, ela está num canteiro?

Tenho uma num vaso, mas acho que ela não crescerá tanto assim....

Um abraço

O Bicho disse...

Sim Letícia, está num canteiro com bastante terra - uma terra especial, com bastante humus, recolhida num pinhal.

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...