sábado, maio 19, 2007

Amanhecer LXXVI


Amanhecer em New York,
numa radiosa manhã de verão, Sábado, 14 de Agosto de 2002.
À porta do Hard Rock Café, dei de caras com estes dois maduros - o matulão, Cowboy de Tombstone, Arizona e o pequeno, Judeu de Lower East Side, Manhattan - conversando descontraídamente no meio da rua, quer dizer, no meio da (praça) Four Times Square.

Desde então, sempre me perguntei, qual terá sido o tema daquela conversa e cheguei a pensar escrever o diálogo possível para essa estranha parelha de personagens que fotografei naquele dia; no dia em que, percorri (sem a bicicleta) toda a 7ª Avenida (Norte), desde Times Square até lá acima ao Central Park e volta.

Ao chegar a Manhattan, fui completamente surpreendido pois não sabia que durante todo esse dia, poderia palmilhar os 14 quarteirões da 7ª Av. fechados ao trânsito automóvel e inteiramente ocupados por bancas de feira - a maior Feira da Ladra que eu vi até hoje.
E comprei lá muitas coisas. Fiquei autênticamente embasbacado com aquele New York City Street Summer Festival. Foi das coisas que mais apreciei na Big Apple - antes da visita nocturna ao Scores, é claro.


Só lá estive uma vez mas tenho saudades dos contrastes de New York City.

Sem comentários:

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...