sexta-feira, maio 11, 2007

os Amigos



Portugal no Coração

Portugal foi a razão
Por que um dia morreu meu irmão
Mas também é coração
A bater nesta canção

Não sei bem de quem eu nasci
Não descobri nem pai nem mãe
Só sei que já nasci aqui e foi aqui
Que eu fui alguém

Digo tudo quanto eu sou
Serei criança ou malmequer?
Tenho apenas o que eu dou:
Este lugar que ninguém quer

Neste país onde estou
Serei tudo quando eu fizer
Este povo a que me dou
Não é homem nem mulher

Portugal é querer dar a mão
Sermos amigos, termos pão
Portugal é ter a vontade
De acabar com a saudade

Portugal já tem idade
Para o povo entender liberdade
Portugal é uma nação
Onde vive o meu irmão

Portugal, ai meu amor
Coração desta minha canção
Bate, bate coração
Para termos a vida melhor.

(Ary dos Santos, 1977)

4 comentários:

Carla D'elvas disse...

o poema do ARY :)
então é esta a cantiga d´"os amigos"!
como tds os poemas do ARY... este é lindo tb :)
qt á musica... huummmmmmmm...

;)

O Bicho disse...

...de música não percebo nada e não tenho jeitinho nenhum - mas tenho muita pena - pois caso contrário não me teria afastado da vida artística dos caloros anos 70.

Carla D'elvas disse...

... n tenhas pena!
assim, és o ermita q vive no meu PC.
pois é... vives no estoril, num sony vaio!
como é portatil, mts vezes, vais passear a outros lados :)
... e tudo isto, p te dizer, q gosto de ler-te :)
apesar, do meu blog dos afectos, ter sido, é e continuará a ser aquele q tu sabes.
;)

O Bicho disse...

Obrigado!
Essa de eu ser um EREMITA NÓMADA agrada-me de verdade.

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...