quinta-feira, abril 02, 2009

Porta Aberta


Hoje,

depois de ler "O GOSTO DA ESCRITA", da Maria,
em viagem pelas terras durienses,

depois de ler os "MOMENTOS DA VIDA", do Kim,
em viagem pelas noites parisienses,

depois de ver o "CHE: GUERRILHA", do Benicio del Toro,
em viagem pela história boliviana,

não tenho mais nada a acrescentar e vou sair de mansinho, sem barulho, por esta Porta (Oriental) do Castelo de Palmela, que encontrei aberta...

2 comentários:

Maria disse...

Bicho:
Tenho de ir ver o filme. Che foi (é), um dos meus ídolos.
O pior é que o cinema mais perto onde ele está é o Alvaláxia, brrrr.
Só mesmo o Che, me obriga a entrar em tal lugar. Lagarto, lagarto.
Tenho depois que pedir perdão ao meu Benfica.
Beijo

O Bicho disse...

Mas olha, Maria, que são 2 filmes - o 1º achei muito bom, o 2º achei muito triste - talvez não valha a pena o sacrifício...
Eu tive sorte - ambos os convites foram para os cinemas em frente ao estádio do Benfica.

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...