quarta-feira, abril 29, 2009

a fonte 378


Caldas de Óbidos (hoje, da Rainha) - lugar muito rico em águas de nascente.

Mais uma obra inserida no plano de D. João V, de abastecimento de águas livres ao reino de Portugal, à custa dos excedentes dos cofres do estado, que naquele tempo se encontravam bem recheados com os dinheiros dos lucros das riquezas provenientes da exploração mineira da "Terra de Vera-Cruz".

Erguida em 1749 e semi-derrubada seis anos depois pelo terramoto - restaram os tanques laterais e o corpo; o frontão cimeiro, caiu e nunca mais se viu; a bacia viria a ser "renovada" em 1910.

Sem comentários:

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...