sexta-feira, janeiro 30, 2009

a Fonte 331


Mafra

Bom, nem tudo é tão "foleiro" como se tem escrito aqui, nas fontes da região Saloia dos Concelhos de Sintra e arredores.
Por vezes, deparo-me com beleza e simplicidade, à beira da estrada, como é o caso desta pequena fonte/tanque construída na berma de um caminho isolado, em vale esquecido, ali para os lados da Malveira (Mafra) num lugar que tem um nome curioso - Santo Estêvão das Galés.
Coisa digna de uma dedicatória poética, no melhor estilo Bucólico ou Pastoril de Francisco Rodrigues Lobo:

«Verdes lapas, que ao pé de altos rochedos
Sois morada das Ninfas mais fermosas,
Fontes, árvores, ervas, lírios, rosas,
Em quem esconde Amor tantos segredos»
Ou digna de figurar numa descrição de "As Cidades e as Serras" (que também nunca li, mas tenho pena) do Eça de Queirós.

3 comentários:

Anónimo disse...

Bicho:
Cheguei à conclusão que a alinea F não ensinava nada!
Pois nem a "Cidade e as Serras" tu leste? Então e "O Primo Basílio"? e "O Crime do Padre Amaro"? e "A Reliquía"? etc etc...
Nem parece teu.
Lê lá o Eça. Vais ver que gostas. Este cá de casa, também alinea F, não leu nenhum. Valha-vos Deus!
Bom Fim de Semana.
Maria dos Alcatruzes

O Bicho disse...

- Trigonometria (Senos, Cosenos, Tangentes, Secantes, Co-secantes e Co-tangentes);
- Álgebra (Probabilidades; Logaritmos, Primitivas e Derivadas);
- Aritmética Racional (sistemas binário e hexadecimal);
- Fisica (energias, potencial, cinética,..);
- Química (cálculo ponderal);
- Geometria Descritiva;
- Filosofia (Psicologia, Gnoseologia, Etica, Teodiceia, Lógica, Metodologia,..);
- O.P.A.N.´
Pois é, na "alínea F" só nos ensinavam estas porcarias que não sei muito bem p'ra que serviam..?
Português? Leituras? Nada disso! Não havia necessidade, todos nós aprendíamos a ler e a escrever correctamente, durante a instrução primária e ciclo preparatório.

Anónimo disse...

Bicho:
Tens razão. Saíamos da instrução primária a saber ler, escrever e mais algumas coisas que hoje, alguns doutores e engenheiros ignoram.
Quanto aqueles senos todos que tu falas, para mim são uns desconhecidos totais.
Sempre fui pouco amiga de ciências exactas.
Agora estou feita, porque este alinea F cá de casa, ainda vai tentar ensinar-me alguma coisa, embora ande há anos a tentar explicar-me como e porquê, trabalha esta coisa, a que ele chama computador e, que para mim, é uma bela máquina de escrever.
Beijo
Maria dos Alcatruzes

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...