sexta-feira, janeiro 09, 2009

anti-coisas


Uma receita para as coisas deste tempo frio, desengraçado.
Para combater a gripe, a constipação e o resfriado.
Mitigar os sintomas da dor-de-corno e o mau olhado.
Aliviar os penosos estados de solidão e depressão.
Tratar achaques relacionados com coisas do coração,
como a desilusão, a angina de peito e a frustração.
Nada melhor que uma "Cucaracha" bem quentinha.
Uma dose (que são duas) que deve beber-se de uma assentada, como um "shot" e enquanto a chama estiver acesa.
Utiliza-se uma palhinha para sugar a bebida (uma de cada vez, claro) desde o fundo do copo, o mais rápido possível, antes que o fogo a derreta.
Depois, é cantar, «la cucaracha, la cucaracha, já no puede camiñar...» e esquecer... o resto.

1 comentário:

Anónimo disse...

Bicho:
O resto era:
"Porque no tiene, porque le falta marijuana pa tomar".
Que droga! já havia droga no tempo da cucaracha. A gente é que não sabia.
Beijo
Maria

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...