sábado, abril 07, 2018

Amanhecer DXCIV


Tenho dias em que penso e... fico-me por aí - penso, logo existo e está tudo resolvido, isto é, não muda coisa alguma a não ser o tempo, no relógio e no calendário. Tempo livre em demasia para repensar naquilo que vou fazer, mas - porque talvez não queira - não chego sequer a iniciar qualquer acção, muito menos a concretizar o objectivo por demais idealizado.
Abulia - o que estará na origem desta falta de energia, falta de iniciativa, que me ataca algumas vezes? Vezes demais, acho eu.

Será um sinal de desequilíbrio maior que se avizinha - a depressão - ou apenas mais um sintoma do meu estado normal de procrastinador inveterado?

Seja lá porque for, não me preocupo muito com a resposta. O melhor é deixar passar, como de costume...

Sem comentários:

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...