quinta-feira, setembro 25, 2008

a ver navios 33




.. Aqui tens um novo Cabo.
Eu sou dono do mar alto
e não vais passar adiante.

..Eu sou marinheiro e abro
caminhos de par em par.
Já dobrei o Cabo Mau
vou passar este papão.
Ouve lá Perna de Pau
eu trago no coração
um país a navegar
e não há nenhum gigante
que me faça recuar.
O meu destino é chegar
cada vez mais adiante.

("As Naus", Manuel Alegre)

2 comentários:

Anónimo disse...

"Doze Naus Pintadas de Vermelho"

Embarquei nas doze naus pintadas de vermelho
paradas em frente da cidade de Príamo
as doze naus de Ulisses que por enquanto ainda ferido está sentado
pensando nas palavras que disse a Soco
sobre a morte o obscuro destino
à espera que Nestor de Gerénia o Velho
traga um médico (talvez Mácoone) para estancar o sangue
que lhe corre da coxa para o meio da página
junto das doze naus pintadas de vermelho.

Manuel Alegre

Que pena este senhor julgar que é politico!
Maria

O Bicho disse...

Realmente é pena, ele não se dedicar a fazer aquilo em que é mesmo bom e deixar a política para os outros que também têm a mania que são políticos mas não são bons em coisa nenhuma.

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...