quinta-feira, setembro 04, 2008

a Fonte 269


E lá vou Eu, de viagem,
acartando para o Porto,
saudades de Lisboa.

1 comentário:

Anónimo disse...

Tenho saudades do Porto. Não fui muito feliz lá, mas foi lá que passei parte da minha adolescência.
Agora, depois de velha, até dos momentos menos bons sinto saudades.Como Proust, passo a vida "Em busca do tempo perdido". Tudo me faz recordar alguma coisa do passado, que eu julgava ter esquecido.
É isto sinal de velhice ou maturidade?
Sinceramente prefiro que seja a última. Por dentro às vezes, sinto que continuo a mesma garota sonhadora e um pouco rebelde que era nos meus tempos do Porto. Será que tenho saudades dele ou, de mim?
Não sei e, se calhar também não interessa.
Bom fim de semana
Maria

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...