sexta-feira, março 13, 2009

A Infusa

click AMPLIAR
Mãe Infusa

Ainda estão por dizer
as púdicas confidências
do tempo em que era possível
ouvir as hortênsias.

No quintal de incontinente
o maracujá enlanguescia
e pedra a pedra se reconstruía
a casa infinitamente.

Teu rosto ainda não vagueava
na noite fria do retrato.
Em que desmemoriada candeia
derramaste oh mãe o azeite intacto?


(Natalia Correia, 1966)

1 comentário:

Maria disse...

Queria ter este condão.
Saber ouvir de uma flor
As confidências de amor
Guardadas no coração.

Mas, ai de mim, não consigo
Acender tão alta chama.
E fico a pensar comigo:
Não é p’ra todos a fama.

Ser Natália, quem me dera!
E mais ainda Sophia.
É só sonho, vã quimera.
Pois não passo de Maria.

As Musas não bafajam todos.

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...