domingo, junho 03, 2018

Riquezas Protegidas


Senhora das Preces (Aldeia das Dez, Oliv. do Hospital)

Ao longo de vários dias percorrendo aldeias do vale do Alva e Serra do Açor, não encontrei igrejas de portas abertas para poder visitar, nem mesmo ao Domingo - coisa estranha, haverá certamente uma razão, talvez a segurança.
A única onde consegui vislumbrar um pouco do espaço interior, por sinal muito interessante, foi a do Santuário de Nossa Senhora das Preces, no lugar de Vale de Maceira - aqui temos no altar mor a imagem da Padroeira do lugar e nos laterais Santo António e São José, cada um com "seu menino" ao colo.
As portas de madeira estão entreabertas, mas a é entrada vedada por um portão de grades de ferro e uma rede de protecção, permitindo apenas espreitar e, sendo caso disso, colocar uma moedinha na ranhura da caixa que faz "acender" uma de um conjunto de "velas" eléctricas.

1 comentário:

M,Franco disse...

É um tempo de ladrões. São muitos a roubar.
Até estas igrejas têm de ser protegidas!.

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...