sexta-feira, junho 08, 2018

A Fonte 713


É mais uma...

Subindo o vale da Ribeira de Piódão, vindo de Vide, logo após o "Santuário do Xantia", antes do lugar de "Coice de Eira" (que toponímias curiosas), parei pela enésima vez para apreciar calmamente a paisagem do profundo vale e... logo ali perto de mim, do outro lado da estrada, meio encoberta pela vegetação que este ano cresceu bastante, lá estava ela, uma fonte, mais uma, com água.

E pronto, está tudo dito; é assim, quando não tenho tempo para escrever ou quando não consigo concentrar-me para explanar com jeito, uma das muitas ideias que me acorrem à mente inquieta.


2 comentários:

M,Franco disse...

Invejáveis as suas andanças!
Cada vez me sinto mais condicionada, canso-me
e não tenho nenhuma vontade de andar. Começa a ser preocupante.
A fonte é muito rústica e nem consegui descobrir
por onde ela deita água.
Quanto a nomes de terras e não só, alguns são mesmo
muito bizarros.

O Bicho disse...

Com estes meus simplórios apontamentos de viagem,
procuro apenas divulgar um pouco do que temos de melhor e de menos bom,
nas vilas, aldeias e lugares um bocado desconhecidas
e muitas vezes esquecidas, do nosso Portugal.

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...