terça-feira, junho 26, 2018

Princesa do Lima


Viana do Castelo

Desci o rio pela margem esquerda, desde Ponte de Lima até quase à foz, frente a Viana, onde nos meus tempos de pescador, eu comprava minhoca para isco de pesca.
Aí atravessei o rio, para a cidade, usando a velha ponte (século XIX) Eiffel.
Em primeiro plano, o navio hospital "Gil Eanes", que deu apoio à frota bacalhoeira portuguesa nos mares do norte, no século XX - agora convertido em museu, ancorado às portas da cidade.

Em segundo plano, lá bem no cimo do monte de Santa Luzia, um vislumbre apenas do santuário do Sagrado Coração de Jesus, o ex-libris da cidade - obra do século XX, da autoria de Miguel Ventura Terra.
Dois motivos extra para revisitar a cidade Princesa do Lima.

Sem comentários:

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...