quinta-feira, novembro 05, 2009

O Absurdo


[..grande parte da nossa vida é construída sobre a esperança do amanhã,
do amanhã que nos aproxima da morte - cada dia a mais que se vive é um dia a menos para o fim - as pessoas vivem como se não tivessem a certeza do resultado da última batalha..]
Sísifo, o herói absurdo, que vive a vida ao máximo, odeia a morte e é condenado a uma tarefa sem sentido. Não obstante, reconhecendo a falta de sentido, ele continua executando a sua tarefa diária.
Será esta a metáfora da vida moderna dos trabalhadores nos seus empregos fúteis em fábricas e escritórios..?
«O operário que trabalha todos os dias da sua vida, executando as mesmas tarefas; um destino não menos absurdo que o de Sísifo; e trágico, nos raros momentos em que se toma consciência da realidade.»
(Albert Camus)


Sem comentários:

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...