sábado, novembro 07, 2009

Amanhecer CXCIII


Acordei com uma vontade de dizer algumas coisas que me vão na alma.
Escrever a descrever coisas tristes, pensamentos estranhos, sentimentos sem explicação, que me assolam a consciência e não só, até invadem os meus sonhos.
Cheguei-me à varanda e esta vista do rio do esquecimento, faz-me esquecer o que tinha para dizer.

O esquecimento tomou conta dos meus dias - ontem, hoje, amanhã... que importa, isso tudo é para esquecer!

2 comentários:

M.Júlia disse...

Será possível lembrar-se do nome
deste sítio tão bonito?

O Bicho disse...

Oh, sim, lembro, porque este sítio, que revisito muitas vezes, é inesquecível:
trata-se do vale do Rio Lima (que os antigos Romanos na Península pensaram ser o mitológico Rio Letes).

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...