quarta-feira, novembro 11, 2009

Desaperto


Des Apertos

Há dias difíceis de suportar
E noites lixadas para dormir
Em que só me apetece fugir
Deste mundo p’ra outro lugar.

Mas todo o mal terá um fim
Qualquer dia, qualquer hora
Será expulso daqui p’ra fora
Acaba por s’esquecer de mim.

2 comentários:

Kim disse...

Mas ... não há mal que sempre dure!
A vida é tão curta. Porquê encurtá-la mais?
E depois da tempestade sempre vem a bonança!
Vá lá Gigi!

Anónimo disse...

Sim creio que há dias difíceis de suportar, e noites lixadas para dormir.

Mas também há dias, tardes, manhãs, noites, dias, meses, anos MARAVILHOSOS, por isso sempre vale apena viver e superar a crise.


SPUK

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...