segunda-feira, maio 11, 2009

a ver navios 75

AMPLIAR
Aqui há dias, a passear na "Vila da Restauração",
lembrei-me das palavras dedicadas ao "Pessoal da Porcalhota", pelo nosso velho conhecido, sócio fundador do "Clube dos Poetas Advogados de Santa Catarina" (Brasil) - ele diz,

«Volto aqui, agora para deixar uma poesia para o Blog, agradecendo a todos pelas informações acerca do meu ancestral parente de Portugal:

JOÃO DA ROSA

Na cidade de Olhão
Lá tinha um cidadão.
Era o mesmo destemido
Por ter logo defendido.

Aquele seu torrão
Derrotando os franceses.
Lá no tempo de então
Dentro de poucos meses.

O Rei tinha já fugido
Para terra bem distante.
Em nova terra refugiado
Deixando Portugal antes.

Foi o brio dos Olhanenses
Impondo aquela derrota.
Completando a vitória
Enviou pequena frota.

Dois caiaques ousados
Logo o atlântico cruzar.
E na baia ter chegado
A noticia logo entregar.

São José/SC, 11 de maio de 2009.

Mário Osny Rosa - MOR»

Sem comentários:

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...