segunda-feira, agosto 04, 2008

a Fonte 261


Como diz o povo e com razão, "tristezas não pagam dívidas".

Por isso cá vai, à saúde, à nossa e das nossas queridas, que, apesar da ausência física, estão sempre connosco - eu falo por mim, que sou assim, mas tenho quase a certeza que os outros quatro companheiros de "comes e bebes" estão na mesma onda.

Ora bem, quando acabar de beber a minha taça desta cascata por onde escorre a primeiríssima produção de sempre, Exclusiva, de Espumante Reserva 2006 arinto/moscatel "CONFRARIA" para acompanhar as Ostras gratinadas (na telha de barro) em forno de lenha, vou continuar na mesma, triste e acabrunhado, com muitas saudades da minha amada, mas vou adormecer muito mais depressa e dormir mais sossegado a pensar

- "AMIGOS, QUE BOM QUE É TER AMIGOS AO PÉ!"

1 comentário:

Anónimo disse...

Desta fonte também eu gosto.
bjssss
bela

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...