sábado, agosto 16, 2008

Amanhecer CXXXI


Mais uma manhã anormal, quer dizer, fora do sítio habitual.
Cada vez mais longe...
A cada novo dia, me sinto mais distante de tudo o que é normal.
Cada noite que passa, me afasta ainda mais do equilíbrio mental.
Todas as manhãs me sinto mais desigual a mim mesmo, quando parece que eu era outro.
Quanto melhor me conheço, mais me desligo de mim, mais tempo fico fora de mim, mais distante do meu ego verdadeiro que não quero reconhecer - isto deve ser um caminho para a dissociação.

4 comentários:

Anónimo disse...

O que é ser normal?
Pensar
Fazer
Tudo igual a tantos.
Viva a diferença.
jinho
bela

Anónimo disse...

Olha,
acho que é uma flor de passiflora. Parece-me que já tive destas!
João

O Bicho disse...

Sim, João,
gosto do nome Passiflora esta é uma das muitas espécies (penso que é a Vitifolia) - neste caso é uma trepadeira que envolve uma fonte; ainda não tem frutos.

Anónimo disse...

Tenho só 2 espécies: Passiflora alata, dá flores mt grandes e tem troncos quadrangulares, e Passiflora caerulea(talvez), dá muitas flores, sobe por todo o lado e torna-se uma praga, mas é bonita, dá frutos mt pequenos e quase ocos.
Já tive outras 2 espécies mas morreram!
1ab.
João

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...