quinta-feira, dezembro 20, 2007

a viola 3/4



Cabecinha no Ombro

Encosta a tua cabecinha no meu ombro e chora
E conta logo a tua mágoa toda para mim
Quem chora no meu ombro eu juro que não vai embora,
que não vai embora, porque gosta de mim
Ai, eu quero o teu carinho, porque eu vivo tão sozinho
Não sei se a saudade fica ou se ela vai embora,
se ela vai embora, se ela vai embora
se ela vai embora, porque gosta de mim


Está decidido - esta velha canção (do Almir Sater) será a primeira (e talvez a única) que eu vou aprender a tocar na viola clássica 3/4 do Bilo Michel.
Ao fim de dois dias de ensaios, já sei as posições "C, G7, e o C7".

Sem comentários:

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...