quinta-feira, dezembro 13, 2007

o Fadinho


Passeia p'lo mundo inteiro
Por gostar da vida boa
Mas não mora no estrangeiro
O fado mora em Lisboa.

Já morou na Mouraria,
Mas depois num sobressalto
Tratou da mudança, e um dia
Foi p'ró Bairro Alto.

O fadinho mora sempre por castigo
Num bairro antigo, num bairro antigo.
E a seu lado, p'ra falarem à vontade
Mora a saudade, mora a saudade.
Quase em frente, numa casa de pobreza
Vive a tristeza, vive a tristeza.
Tem corrido os velhos bairros sempre à toa
Mas mora em Lisboa, mas mora em Lisboa.

(Tony de Matos, 196x)

1 comentário:

Anónimo disse...

É este fadinho que também mora connosco, em Janeiro.
Por castigo?

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...