sábado, dezembro 08, 2007

a Fonte 179


O quê? Mais fontes...
Voltamos à mesma. O gajo está apanhado! Passou-se! Esses artigos sobre OVNIs, é o que dá.
Qual é o interesse desta? Deita água ou não? - Deita sim senhor, vê-se na imagem.
Então, é boa ou não? - Imprópria para consumo humano, lê-se numa placa.
Pronto, tá tudo dito, não? - Ah pois, falta a data e o dono da obra. Bem visível no topo, o Ano de 1858 e quem pagou - a CÂMARA DOS OLIVAES.

Arquitectura popular, sem interesse, mas a condizer com o nome - FONTE DO OURO - bem protegida, neste lugar perdido a meio da íngreme encosta norte da SERRA DE CANEÇAS.

Caramba, a Câmara dos Olivais? Ou o extinto Município era muito rico ou a água da fonte era mesmo muita boa, coisa rara como ouro! - Xiça! Daqui aos Olivais é longe com'ó caraças!

Agora sim, disse tudo.

Sem comentários:

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...