domingo, junho 17, 2007

PiRosa


Desde que haja Rosas

Não quero rosas, porque são pirosas.
Quero só flores que não possam haver.
Pois que hei-de fazer das cosas
Que qualquer mão pode colher?

(apócrifo de Fernando Pessoa, 1935)

Sem comentários:

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...