segunda-feira, janeiro 21, 2008

Tango Cubano


ADIÓS, MUCHACHOS.

Adiós, muchachos, compañeros de mi vida,
barra querida de aquellos tiempos.
Me toca a mí hoy emprender la retirada,
debo alejarme de mi buena muchachada.
Adiós, muchachos. Ya me voy y me resigno...
Contra el destino nadie la talla...
Se terminaron para mí todas las farras,
mi cuerpo enfermo no resiste más...


(Pelo Rei do Tango da Argentina, Carlos Gardel, 1928)
** Para quem gosta,
tem um site muito bom com as letras e as gravações originais de Gardel.

Sem comentários:

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...