quinta-feira, abril 19, 2007

Mar me quer


Na enseada da Praia de Algés (Lisboa)
a luz dos mornos raios de sol no nadir,
empresta um colorido especial, aos barcos
que navegam num mar de malmequeres,
estimulando a imaginação do fotociclista:
Os versos de um poeta da cidade,
Dizem que tu Oh! Mar, me queres.
Mas, parece-me que não é verdade:
Eu cá, pressinto que mal me queres...

(Abril na minha cidade)

1 comentário:

Carla D'elvas disse...

o MAR responde ao POETA:

o AMOR é a memória que o tempo n mata...
o MAR AMA o POETA.
:)

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...