terça-feira, fevereiro 27, 2007

Marasmo


Estou calmo, mas não tranquilo.
É aparente, a auréola de quietude que me rodeia.
Há qualquer coisa em agitação permanente, às voltas cá por dentro.
Estou num desassossego indescritível, sinto uma angústia que não quero explicar.
Não mostro outra coisa que não seja apatia.
Calmo, mas tenso.
Tão ansioso que nem sinto o que penso.

Sem comentários:

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...