segunda-feira, agosto 17, 2009

a fonte 415

AMPLIAR
(clik para ver MAIOR)

TERMAS DE SÃO LOURENÇO
De Pombal podemos descer (melhor dizendo escorregar) pela encosta abaixo até ao Rio Tua.
Aquilégio Medicinal (1725)
«...descendo para o rio Tua, por uma serra tão áspera que só a pé se pode andar por ela, nasce uma fonte de água sulfúrea, com calor moderado, despenhando-se pela serra abaixo em grande quantidade...
O Padre António de Seixas mandou fazer um tanque, ainda que humilde e de pedra tosca, no qual se tomam banhos em todo o tempo do ano, e servem para curar debilidades de nervos, e juntas tolhidas, sendo também eficazes estes banhos a curar sarnas e chagas antigas...
O tanque de reduzidas dimensões (cabem duas pessoas) fica dentro de um edifício em forma de capela, brotando a água por debaixo de uma imagem de São Lourenço...
O caudal é notável, desprende-se um forte cheiro sulfúrico e, no Inverno, a água quente sai do edifício em vagas de vapor...
É bastante apreciável a frequência destas caldas pelos famosos resultados aqui obtidos em doenças de pele, doenças digestivas e doenças reumáticas...»

Hoje (2009), como dantes, não há direcção clínica. A concessão pertence à Junta de Freguesia.
A utilização é livre e quem quiser banhar-se em privado, por meia-hora, basta apenas colocar o seu nome na lista com o horário, afixada na porta do tanque.

Sem comentários:

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...