sábado, agosto 08, 2009

Amanhecer CLXXXI


Todos os dias há dias que não chegam a começar.
Todas as manhãs acontece faltar o amanhecer.
Há sempre alguém que já não está cá para ver.
Há sempre alguém que já não consegue acordar.
O novo dia não será o mesmo para toda a gente.
Para alguns, a noite prolonga-se infinitamente.

2 comentários:

Mié disse...

...

interessante a tua reflexão e bastante lúcida.

e a fotografia é cheia de vida. muito bonita.

deixo um abraço
e um beijo

O Bicho disse...

A reflexão deste "post" fica marcada por uma infeliz coincidência - o fim da passagem por esta vida de UM GRANDE AMIGO DE UM AMIGO MEU.
Raul Solnado, partiu para outras "guerras".
Um abraço ao amigo JC.

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...