sábado, agosto 22, 2009

Amanhecer CLXXXIII


Hoje aqui,
amanhã sei lá aonde?
e sabe-se lá quando,
haverá outro,
se houver...

enquanto houver amanhecer,
o sol da manhã tarda em chegar
o sol que preguiça em aparecer
que tem dificuldade em vencer
as altas barreiras de xisto
que afundam este vale dourado.

o sol que vem aquecer os rostos,
faz descobrir as cores da vida
que vem recolorir a natureza
faz reanimar toda a terra,
reacender as velhas luzes
de há muito apagadas,
quase esquecidas,
ressequidas.

Sem comentários:

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...