sábado, agosto 01, 2009

Amanhecer CLXXX


Manhã de chuva.
Chuva miudinha, persistente, molha tudo.
A terra absorve lentamente toda aquela humidade.
As plantas do meu quintal e o sapo (bufo-bufo) que vive algures no meio delas, agradecem. Se a gente conseguisse escutar-lhes os pensamentos, ouviria:

«Abençoada Natureza, que a custo, lá se vai sobrepondo aos desarranjos provocados no Planeta Azul, pela vontade humana!»

1 comentário:

Maria disse...

Bicho:
Já estava a ver que não havia foto e estava preocupada.
Já estás melhor?
Bom Fim de Semana.
Beijinhos

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...