sexta-feira, dezembro 05, 2008

a Fonte 312


Um conjunto de elementos arquitecturais encaixados de qualquer maneira numa parede;
uma amálgama de peças (sem pés nem cabeça) que não se parece com coisa nenhuma - muito menos com uma fonte - a condizer com o meu estado interior, que é, completamente desconjuntado.

1 comentário:

Anónimo disse...

Bicho:
Realmente, a fonte é estranha. À primeira vista, pareceu-me a boca de um forno, meio destruído.
Bom fim de semana.
Beijo
Maria

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...