quinta-feira, março 15, 2007

Vista daqui 11


Hoje,
na nossa cidade - Lisboa - o ar é morno, temperado por uma ligeira brisa.
Brisa que não sopra do mar, mas vem do sul, das planuras alentejanas, trasmportando os aromas fortes dos campos forrados de boninas.
Numa varanda da Costa do Castelo, onde os vasos floridos imitam o friso de azulejos na parede, a janela aberta para a luz, deixa entrar o burburinho do tráfego nas ruas da Baixa e deixa sair os cheiros do almoço que se apronta na cozinha - "jaquinzinhos" fritos e arroz de tomate - sem dúvida nenhuma, inigualável, esse cheirinho.

Sem comentários:

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...