sexta-feira, novembro 17, 2006

a Fonte 36



Inauguramos hoje aqui a secção
dedicada a fontes monumentais;
começa com S. Jorge e o Dragão
no Município do Isaltino Morais.

(Rotunda de Queijas)

2 comentários:

Anónimo disse...

Nesta fase, não estou nada interessado em ouvir falar de dragões.
vê lá se não há por aí uma águias, mesmo que depenadas.

Anónimo disse...

Até parece mentira mas, os arquitectos tiveram uma grande falha,de não terem feito uma fonte cujo temaseria uma grande aguia a deitar agua do bico e das penas um genero de jactos de agua muito fininhos dando a ideia que ela estava envolvida em nevoeiro.Era um espectáculo.Chau e fica com atua aguia que eu fico com o dragãooooo.E viva o PORTO,Somos os maiores.Beijinhos da Maria

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...