terça-feira, novembro 21, 2006

as Barcas



Cantiga de Amigo

Em Lixboa sobre lo mar
barcas novas mandei lavrar,
ay mia senhor velida!

Em Lisboa sobre lo lez
barcas novas mandei fazer,
ay mia senhor velida!

Barcas novas mandei lavrar
e no mar as mandei deitar,
ay mia senhor velida!

Barcas novas mandei fazer
e no mar as mandei meter,
ay mia senhor velida!

(João Zorro, Poeta do Mar, Sec. XIII)

1 comentário:

Anónimo disse...

"Vi depois,numa rocha,uma cruz,
E o teu barco negro dançava na luz.
Vi teu braço acemando entre as velhas ja soltas
Dizem as velhas da praia que nâo voltas:
Sâ loucas!Sâo loucas!
David Mourâo-Ferreira
Lindo fotografia!

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...