domingo, dezembro 04, 2005

Mar salgado


Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal.

(O grande poeta escreveu)
e a voz do povo acrescentou:

Se fossem pedras as lágrimas,
Que eu por ti tenho chorado,
Já formavam um castelo
No meio do mar salgado.

(Praia das Maçãs)

1 comentário:

Anónimo disse...

Belissimo!

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...