quarta-feira, setembro 09, 2009

a ver navios 83


E quando finalmente ele chegou, disse:

- Não vim aqui fazer nada.
- Não faço cá falta nenhuma.
- Por isso é melhor ir andando...

Tanta negação só faz confusão:
começou por dizer que não tinha vindo ("não vim") - mentira, estava ali, acabado de chegar;
depois aplica a famosa dupla negação ("não... fazer nada") - implica fazer algo;
e logo, mais outra contradição ("não faço... nenhuma") - ora então faço alguma.
Para afirmar tanta negação, mais valia ficar calado.
E se não queria ficar, melhor fora nem ter chegado.
Ou então, servir-se de expressões em bom português:
- Vim aqui só ver a paisagem.
- Faço cá tanta falta como a fome.
- Bute, vou dar corda aos sapatos...

Sem comentários:

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...