quarta-feira, fevereiro 25, 2009

a ver navios 65


Rai's partam a minha vida.
É mais curta que comprida.

Tanta pressa, tanta urgência,
Correndo a toda a velocidade,
Gente com falta de paciência,
Carreando fardos de ansiedade
Procurando chegar a algum lado.
E ainda mal acabado de chegar
Já o espírito desassossegado
Anseia pela partida, para voltar.

Nesta vida amigos, companheiros,
"Há mais marés que marinheiros".

1 comentário:

Anónimo disse...

Sempre a pressa, a correria,
A vontade de chegar.
Nunca se chega onde queria,
Quando chega, quer voltar.

Sonham-se sonhos de fumo,
Sem asas para voar,
Sem nunca encontrar o rumo
Do que se quer alcançar.

Alma errante, fugidia,
Que não para de sonhar,
Se está bem aqui, um dia
No outro, já quer zarpar.

Se está só, quer companhia,
Se a tem, quer estar só.
Chora se sente alegria
E ri quando mete dó.

E assim se vai vivendo
A ver o tempo passar
Sempre buscando e não vendo,
Um porto para ancorar

Maria dos Alcatruzes

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...