quinta-feira, fevereiro 26, 2009

a fonte 344


ÉVORA

Monumento Nacional, o inconfundível chafariz do Largo das Portas de Moura,
foi uma obra financiada pelo Cardeal D. Henrique, o Arcebispo de Évora que tomou conta do Reino de Portugal (apenas dois anos durou o seu reinado) após a confirmação do desaparecimento de seu sobrinho, El Rei D. Sebastião, no nevoerio de "Alcacer-Kibir".

Sem comentários:

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...