domingo, março 23, 2008

a Fonte 217


fim de tarde,
cruzei o Douro
na foz o sol arde
reflexos de ouro
desci à Ribeira
estavas sentada
numa cadeira,
da esplanada,
ali à beira do rio
apesar da aragem
e não tinhas frio.
passeavas o olhar,
p'la outra margem
pela velha ponte
e a Serra do Pilar
lá no alto do monte.

(Páscoa 2008)

1 comentário:

Anónimo disse...

Gaia ainda não pediu a independencia ? lol
bela

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...