sábado, março 21, 2020

Despertar DCLXVI



Fechado em casa - dia 10
Mais um dia e, continua tudo na mesma:

o gato dorme num dos seus poisos preferidos, junto à janela;
aguarda que eu me levante para começar mais um dia de quarentena;
é então que o bichano desperta para vida - enquanto eu preparo o pequeno almoço,
ele fica num desatino, andando para cá e para lá, entre mim e a tigela da ração;
ele cheira a tigela e olha para mim, e põe a pata na caixa da ração e mia, baixinho, numa espécie de lamúria... e não desiste;
quando, finalmente, o bicho tem direito à primeira dose de ração do dia, ele aí vai, enroscar-se num lugar onde, não tarda, vai chegar o calor do sol - aí fica a dormir mais algumas horas, até despertar novamente ao sentir a azáfama da preparação do almoço.

Sem comentários:

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...