sexta-feira, junho 19, 2009

a fonte 401


Calçada de Santo Estêvão, Alfama, Lisboa.


Nesta magnífica noite de calor, dava um jeitão que este pobre chafariz deitasse água para refrescar a cara e lavar as mãos empestadas com o cheiro das sardinhas assadas comidas (como sabe bem e comme il faut) à unha em cima da fatia de pão.

1 comentário:

Maria disse...

Bicho:
Também é como eu gosto de sardinha.
Então se for uma bela fatia de broa, sabe tão bem!...

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...