quinta-feira, junho 05, 2008

a Fonte 246



Largo do Rato, Lisboa.
[A vida está difícil, hoje, para a rapaziada política aqui do rato - com 250.000 Trabalhadores em Manifestação de rua, uma Moção de Censura no Parlamento
- mas isso não interessa, não adianta nem atrasa, fica tudo na mesma... até
ver!]


Inserido nos domínios da Quinta do Palácio de Palmela, aqui está outra excelente obra da arquitectura civil, do plano das Águas Livres para abastecimento da Lisboa Pombalina.
Provável autoria de Carlos Mardel, o Arquitecto luso-magiar a não confundir com o Carlos Gardel, cantor de Tango argentino.

Sem comentários:

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...