sexta-feira, junho 21, 2019

Dito e feito



Campo de Santa Clara, Lisboa
Este é somente um bocadinho do painel de 52.738 azulejos – nem mais, nem menos – pintados à mão por André Saraiva e produzidos na Fábrica de Cerâmica Viúva Lamego, para decorar os 188 metros de comprimento do muro de Jardim sobranceiro ao largo da Feira da Ladra.
Ao que li, esta obra, demorou apenas 2 anos a realizar, desde o dia em que o artista apresentou a proposta para aqui fazer o grande mural.
Em contraste com a vizinha Igreja de Santa Engrácia (Panteão Nacional), cujas obras demoraram à volta de 300 anos.


Sem comentários:

Outros Tempos

Miradouro do Mindelo, Praia das Maçãs “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do espaço  é uma alegria para mim partilhar uma época e u...