sábado, julho 14, 2018

Amanhecer DCVIII


Foz do Égua (Piodão, Arganil)

Vista para uma espécie de santuário, propriedade privada, construído numa elevação sobranceira ao lugar da confluência das ribeiras do Piódão e do Égua.
De notar que aquele enorme "passarão" que parece pousado no poleiro de um ramo de árvore, não está vivo (nem morto) - trata-se de uma escultura em madeira e... é tudo quanto sei, por agora, acerca deste lugar especial.


2 comentários:

M,Franco disse...

O "passarão" parece estar pousado num cano
dobrado no extremo. Ou eu sou muito esquisita,
ou esteticamente não me parece muito bem colocado,
afastado de mais do penedo.

O Bicho disse...

É curioso, como consegue perceber. Eu tentei disfarçar, mas
na verdade, vista de outro ângulo, a "instalação" é mesmo "inestética";
o cano parece uma parte de chuveiro - até tem um arame suspenso com
uma argola na ponta, à laia de puxador de autoclismo antigo.

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...